Figueirense FC - Site Oficial
São Bernardo

x

Figueirense
Campeonato Brasileiro -  
23/06/24 -  
Estádio 1º de Maio

Único invicto do estadual, o líder Figueirense mostrou seu potencial de reação durante a partida contra o Criciúma, que ocorreu ontem (24), no estádio Orlando Scarpelli, e abriu o returno do campeonato Catarinense. Para o técnico Hemerson Maria, a atuação contou com um apoio necessário. “A torcida foi fundamental”, garantiu, ao elogiar a integração das arquibancadas com o jovem elenco alvinegro, que tem media inferior a 23 anos e foi formado há menos de dois meses.

“Quero agradecer ao torcedor que veio hoje, aqui. A torcida do Figueirense está sendo fundamental, mesmo. É o nosso craque, é o fator diferencial. A postura que tiveram foi excepcional para que nós virássemos a partida. Nos incentivaram, cresceram no nosso momento de dificuldade. Juntos, com muito trabalho, dentro e fora de campo, nós vamos atingir os objetivos do clube”, exaltou.

Segundo ele, o respaldo é fundamental para a sequência de construção e amadurecimento do elenco, pois ainda não alcançou ainda o nível de performance desejado pela comissão técnica.

“Tenho convicção que esse grupo tem muito a crescer. Estou contente com a atuação dos jovens, que estão tendo oportunidades e, hoje, foi um teste de fogo. O grupo mostrou um poder de reação que me agradou bastante. Vamos seguir trabalhando com muita humildade e comprometimento de todos, porque esse é o caminho para atingir o sucesso na temporada”, garantiu.

“Nosso time ainda não está pronto. O grupo ainda está sendo formado. É um trabalho de recuperação do clube e aproveitamento da base. Vamos analisar os ajustes para conquistar o principal objetivo: o acesso para a série B”, acrescentou o comandante, que sustenta o processo de integração entre os atletas formados no Centro de Formação e Treinamento do Cambirela (CFT), com pilares experientes, como Denis e Zé Antônio.

Sobre a parceria existente desde o vestiário até à diretoria, o técnico fez questão de ratificar o empenho existente por cada peça do conjunto alvinegro, que conta com profissionais confiantes no projeto de reestruturação do Furacão do Estreito.

“Quando começamos a montar o elenco, vocês não imaginam a quantidade de negativas que recebemos. Tivemos muita dificuldade. O clube está recuperando a credibilidade. Hoje, as coisas mudaram. As pessoas buscam indicar jogadores para o Figueirense e nós estamos sendo criteriosos para fechar o elenco. Estamos priorizando quem teve a coragem de apostar no projeto do clube”, disse.

Sequência

Após quatro jogos e mais de oito mil km percorridos em cercas de 15 dias, o Figueirense terá uma necessária semana cheia para recuperação e treinamento, algo limitado em função do calendário do início do ano.

“Semana cheia para aprimorar o elenco após a sequência de atuações. Importante para trabalhar e descansar os atletas, que estão vindo de uma maratona de jogos”, explicou, ao já mencionar a chegada de novo pacote de partidas: “Vamos ter uma nova sequencia pesada, onde enfrentaremos o Tubarão, o Marcílio Dias, Brusque e, na sequência o clássico. Penso que ela definirá a situação de classificação.”

Foto: Bruno Ribeiro / Figueirense