Clube de Regatas Aldo Luz

A história do Figueirense Futebol Clube e do Clube de Regatas Aldo Luz é de irmandade e parceria secular.
Desportistas da capital catarinense, muitos com origem no remo, e mais especificamente no C.R. Aldo Luz, fizeram parte dos primeiros quadros de jogadores daquele que se tornaria o clube de futebol mais popular de Santa Catarina, nascido na região da Figueira, uma área popular onde hoje é o Centro da capital.

A seguir, contaremos um pouco da história desta instituição tão importante para o esporte náutico de Florianópolis, de SC e do Brasil.

CLUBE DE REGATAS ALDO LUZ – HISTÓRICO:

No dia 27 de dezembro de 1918, meses após a realização do primeiro Campeonato Catarinense de Remo, surgia o terceiro clube de remo da Ilha de Santa Catarina, denominado Clube de Regatas Florianópolis, tendo os Senhores Clóvis Viégas, Raul Simone e Aldo Luz, como seus maiores entusiastas.

Seu primeiro Presidente foi o Sr. Aldo Luz, filho do ex-governador do Estado Hercílio Luz, que veio a falecer em decorrência de um problema de saúde em 1919. Meses após o ocorrido, a Diretoria do Clube resolveu homenagear seu fundador Aldo Luz, alterando o nome do Clube que passou a chamar-se Clube de Regatas Aldo Luz. Suas cores permanecem as mesmas, sendo o encarnado (vermelho) e branca. A ancora que inicialmente na fundação não existia, foi incluída como símbolo do Clube apenas no ano de 1923.

Na época, o Ex-governador Dr. Hercílio Luz, comovido com a homenagem dedicada a seu filho, doou ao clube parte das  economias do fundador, com as quais facilitou a construção de sua sede, localizada na rua João Pinto, no Centro de Florianópolis. Para complementar a construção da sede, o clube aldista efetuou um lançamento de ações a serem adquiridas por associados e simpatizantes, com valor de vinte contos de réis, parcelados em títulos de 100$000.

Em 2011, por ironia do destino após 89 anos, recuperou-se o título de número 001, adquirido pelo simpatizante Edmundo da Luz Pinto, que pode se visualizar ao lado.

O C.R Aldo Luz, foi declarado de Utilidade Pública pela lei estadual nº 4.724 de 14/06/1972 e pelo Município de Florianópolis lei nº1.035 de 03/11/1971.

No ano de 2010, foi aprovado em reunião do Conselho Deliberativo, a inclusão de uma estrela dourada no lado direito do escudo do clube, alusivo ao título de Campeão Mundial de Remo, conquistado pela remadora do Clube, Josiane Dias de Lima.

Fonte e maiores informações: site do clube – www.aldoluz.com.br