O clássico deste sábado (17) terminou com vitória do Avaí por 2×1, em duelo válido pela 9ª rodada do Campeonato Catarinense.

Poveda marcou duas vezes para o Avaí, e Alisson para o Figueirense. Destaque para dois lances capitais com a participaçãod o VAR. Primeiro, na expulsão de Titto, e depois com a confirmação de segundo gol do Avaí, depois do assistente ter marcado impedimento no lance.

Com o resultado, o alvinegro caiu para a 4ª posição na tabela de classificação.

Os dois próximos desafios do Figueirense serão fora de casa. Na quarta (21), o alvinegro enfrentará o Marcílio Dias, às 21h30, em Itajaí. Já no sábado (24), o adversário será a Chapecoense, às 18h00, na Arena Condá, em Chapecó.

O jogo
O clássico, como de costume, começou tenso no Scarpelli. Os primeiro minutos foram muito truncados e com as equipes se estudando. A primeira boa chance de gol foi do Figueirense, aos 03 minutos, quando Pato cruzou rasteiro e Alisson chegou batendo, obrigando o goleiro do Avaí a fazer grande defesa. Na sequência, o Figueirense levantou algumas bolas na área do adversário, que se defendeu bem.  Do outro lado, aos 21 minutos houve uma tentativa de cabeceio, após levantamento pela direita, mas sem direção. A pressão alvinegra foi aumentando. Aos 28 minutos, Léo Baiano aproveitou um rebote defensivo do Avaí e chutou forte, a bola passou perto do gol. Logo na sequência, o Avaí teve a sua melhor oportunidade com Pedrinho, que recebeu de Poveda e na cara do gol, chutou para fora. Aos 38’, Douglas Bacelar cabeceou na área alvinegra e levou perigo, mas a bola foi para fora. Pouco depois, aos 40’, Cesinha limpou a jogada pela direita e chutou, mas sem direção. Léo Baiano cabeceou aos 43 minutos, e a bola passou a esquerda do gol avaiano.

As equipes voltaram sem mudanças para o segundo tempo. Logo no primeiro lance, Cesinha levantou na área, procurando o atacante Nicolas, mas a bola foi forte e saiu pela linha de fundo. Aos 08 minutos, a arbitragem foi chamada pelo VAR e Titto foi expulso. Com um homem a mais em campo, a equipe adversária passou a ter mais espaços. Aos 15 minutos a bola sobrou para Poveda, que livre na área alvinegra, bateu colocado e abriu o placar. Valente, a equipe alvinegra não se intimidou e foi para cima, aos 16 minutos Alisson rabiscou a defesa avaiana e chutou forte, balançando as redes, para explosão da Nação Alviengra. Aos 28 minutos, chute do Avaí da entrada da área, três jogadores em posição de impedimento, a bola tocou na defesa alvinegra e sobrou para Poveda. Inicialmente foi anotado impedimento, mas o VAR mais uma vez interferiu no jogo e confirmou o gol do Avaí. Mesmo em inferioridade numérica, o Furacão tentou o empate no final, mas o placar terminou com a vitória do adversário por 2×1.

Ficha Técnica
Figueirense (1)
Thiago Gonçalves; Cedric, Rafael Ribeiro, Genílson e Titto; Glédson, Léo Baiano e Cesinha (Jonathan); Guilherme Pato, Alisson e Nicolas (Renan Bernabé).
Técnico: João Burse

Avaí (2)
Igor Bohn; Gabriel Dias (Kevin), Tiago Pagnussat (Jonathan Costa), Douglas Bacelar e Mário Sérgio; Ronaldo Henrique, William Maranhão (Jean Lucas) e João Paulo (Judson); Pedrinho, Maurício Garcez e Poveda.
Técnico: Eduardo Barroca

Gols: Poveda, aos 15’ e aos 28 minutos do 2º tempo (Avaí); Alisson, aos 16 minutos do 2º tempo (Figueirense).

Público Total: 15.647
Renda: R$ 648.588,00

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *