O Figueirense foi derrotado pelo Botafogo-PB por 2×1, na tarde deste domingo (28), no Scarpelli, em duelo válido pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro – Série C.

Os gols do jogo foram anotados por Léo Artur (Figueirense); Wesley Matos e Mateus Anderson (Botafogo-PB).

Com o resultado, o alvinegro caiu para a 9ª posição, com 07 pontos conquistados.

O próximo desafio do Figueirense será na segunda-feira (05), às 20h00, fora de casa, diante do São Bernardo-SP.

Fotos: Patrick Floriani – FFC

O jogo
Debaixo de muita chuva e frio, o Figueirense iniciou o confronto partindo para cima do Botafogo-PB. Logo aos 5 minutos, Elias recebeu bom passe pela direita e cruzou rasteiro na área, Gabriel Conceição brigou com a defesa paraibana, a bola sobrou para Léo Artur, que dominou e bateu colocado, abrindo o placar. O gol não intimidou a equipe visitante, que partiu para o ataque. Aos 10 minutos, Mateus Anderson chutou e Wilson defendeu. O empate aconteceu pouco depois, aos 13 minutos. Zé Mário cobrou falta de longe, jogando a bola na área, Wesley Matos subiu mais que a defesa do Figueirense e cabeceou forte no canto, igualando o marcador. A partida seguiu equilibrada, com o Figueirense arriscando de média distância e o Botafogo-PB apostando nos contra-ataques. Aos 24′, após cruzamento na área, William Mateus ajeitou de cabeça para Andrew, que chegou batendo de primeira, mas a bola subiu demais. A reta final do primeiro tempo ficou marcada por muitas reclamações da equipe alvinegra. Zé Mário, que havia recebido cartão amarelo aos 24′, deveria ter recebido novo cartão amarelo aos 34′ com a consequente expulsão, mas a arbitragem ignorou. Na sequência, o defensor do Botafogo-PB caiu na área, agarrando a bola com as mãos, mas de novo a arbitragem nada anotou gerando revolta no banco de reservas do Figueirense. No lance, o preparador físico Alexandre Andreis foi expulso por reclamação, e o estádio inteiro se revoltou com a arbitragem. Aos 38′, Marco Antônio cabeceou com perigo e Wilson salvou. No finalzinho do primeiro tempo o Botafogo-PB ainda teve duas chances. Na primeira, aos 48′, a equipe de João Pessoa (PB) chegou a balançar as redes, mas a bola fez a curva pelo lado de fora na cobrança do escanteio, e o lance foi invalidado. Depois, aos 51′, Zé Mário cobrou falta frontal, próxima a grande área, mas a bola foi para fora.

Sentindo que poderia perder um jogador, o Botafogo-PB mudou no intervalo. Zé Mário saiu para a entrada de Tenório. O Figueirense novamente tentou se impor, mas com dificuldades nas movimentações ofensivas. O segundo gol do Botafogo-PB aconteceu aos 13 minutos do 2º tempo. Mateus Anderson recebeu bom passe, se livrou da defesa alvinegra e bateu com estilo no canto direito do goleiro Wilson. Depois do gol do Botafogo-PB, o Furacão passou a ter maior posse de bola, mas sem conseguir converter em chances de gol. Renan Bernabé e Gustavo França (2x) tentaram marcar, mas sem sucesso. O Figueirense foi para a pressão no fim do jogo, e Cesinha acertou o travessão, aos 48 minutos, mas o placar não mudou mais: Figueirense 1 x 2 Botafogo-PB.

Logo após a partida o técnico Roberto Fonseca concedeu entrevista coletiva:

 

Ficha Técnica
Figueirense (1)
Wilson; Elias, Gut, Maurício e Willian Matheus; Léo Baiano (Marquinho), Glédson (Barba) e Léo Artur (Cesinha); Pato (Gustavo França), Gonceição (Bernabé) e Andrew.
Técnico: Roberto Fonseca.

Botafogo-PB (2)
Mota; Ricardo Luz, Wesley Matos, Lucas Santos e Zé Mário; Natan Costa, Wesley Dias, Mateus Anderson (Wendson), Jaílson (Bismarck) e Marco Antônio (Renatinho); Bruno Paraíba (Djavan).
Técnico: Felipe Surian.

Gols: Léo Artur, aos 5 minutos do 1º tempo (Figueirense): Wesley Matos, aos 13 minutos do 1º tempo e Mateus Anderson, aos 13 minutos do 2º tempo (Botafogo-PB).

Cartões amarelos: Léo Baiano, Gledson, Pato, Andrew, Gabriel Conceição (Figueirense); Mota, Zé Mário, Natan Costa, Wendson, Tenório (Botafogo-PB).

Público: 3.926
Renda: R$ 61.792,00

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *