Figueirense FC - Site Oficial
São Bernardo

x

Figueirense
Campeonato Brasileiro -  
23/06/24 -  
Estádio 1º de Maio
Felipe Matheus disputa a bola no ataque – Foto: Andrey de Oliveira

O Figueirense acabou sofrendo, na tarde deste sábado (10), sua terceira derrota na Série B do Campeonato Brasileiro. Atuando fora de casa, o Alvinegro foi superado pelo Coritiba, por 2 a 0, em partida disputada no estádio Couto Pereira. Rodrigão e Igor Jesus marcaram os gols do time da casa.

Agora, o Figueirense retornará a Florianópolis durante a noite para já iniciar a preparação para enfrentar a Ponte Preta. O duelo contra o time de Campinas (SP) está marcado para quinta (15), às 21h30, no estádio Orlando Scarpelli.

O jogo

Bem postado no campo de defesa, o Figueirense passou a maior parte do primeiro tempo sem levar sustos. O Coritiba tentou gerar algum perigo ao gol de Matheus Vidotto em bolas aéreas e jogadas pelas laterais. Já o Furacão tentava jogadas pelo meio de campo, mas não transformou em gol.

O alvinegro ainda precisou fazer duas alterações por lesão. Matheus Destro, com entorse no tornozelo direito, deu lugar a Brunetti. Ainda na primeira etapa, o jovem atleta tambem precisou ser substituído, dando lugar ao lateral direito, Alemão Teixeira.

Tony e Rafael Marques, em chutes de fora da área, assustaram o adversário. O Coritiba chegou com perigo com Rodrigão, que obrigou Matheus Vidotto a fazer grande defesa.

Na segunda etapa, o Figueira começou tentando pressionar a saída de bola do Coritiba. Mas foram os donos da casa que abriram o placar. Rodrigão aproveitou escanteio cobrado pela direita e, em um lance polêmico, cabeçeou. A bola desviou em Kauê e entrou. 

Poucos minutos depois, Willian Popp fez grande jogada individual e chutou da entrada da área. O lance obrigou Alex Muralha a fazer boa defesa. Tony, em chute de fora, também assustou logo em seguida.

Nos minutos finais, o Coritiba aproveitou o contra-ataque e, com o atacante Igor Jesus, pois números finais ao duelo no Paraná.

Ficha técnica

Coritiba (2)

Alex Muralha; Diogo Mateus, Rafael Lima, Sabino e William Matheus; Matheus Sales, Thiago Lopes, Giovanni (Patrick) e Juan Alano; Welissol (Rafinha) e Rodrigão (Igor Jesus). Técnico: Umberto Louzer.

Figueirense (0)

Matheus Vidotto; Kauê, Alemão, Ruan Renato e Matheus Destro (Brunetti / Alemão Teixeira); Zé Antônio, Betinho e Tony; Fellipe Mateus (Andrigo), Willian Popp e Rafael Marques. Técnico: Vinícius Eutrópio.

Gols: Rodrigão (21/2T) e Igor Jesus (44/2T).

Cartões amarelos: Rafinha (C); Tony e Willian Popp (F);