Gustavo Poffo intensifica reforço muscular para ficar à disposição de Hemerson Maria. Foto: Bruno Ribeiro/FFC

“Sempre estive na torcida pelos meus companheiros, que também são meus amigos. Espero estar logo com eles, em campo”, comenta o atacante do Figueirense, Gustavo Poffo, ao relatar o apoio do atual elenco durante todo o processo de recuperação da lesão no menisco do joelho esquerdo. Promovido ao profissional após se destacar como artilheiro alvinegro na Copa Santa Catarina de 2018, o atleta, de 21 anos, teve de mostrar maturidade diante do contratempo ocorrido na semifinal contra o Brusque, onde vivia o melhor momento da sua recente carreira.

Após a cirurgia, realizada no último mês de dezembro, o jovem passou os dois meses da recuperação se locomovendo com auxílio de muletas. Segundo o jovem, o período foi o mais difícil.

“Logo depois que operei o joelho, o período mais difícil foram os dois primeiros meses, onde só conseguia andar com o auxílio de muletas. Fico feliz por este período ter passado, já que é difícil você ficar de fora”, relatou.

Com previsão de retorno para junho deste ano, Poffo foi liberado pelo Departamento Médico, neste mês de março, para iniciar trabalhos físicos para fortalecimento da musculatura.

“É complicado estar machucado e fora dos gramados, ainda mais tratando uma lesão grave que exige tempo. A recuperação evoluiu. Hoje, já estou conseguindo fazer um trabalho na academia para fortalecer e, nos próximos meses, a expectativa é passar para a transição e, depois, voltar a treinar com o grupo”, explicou.