Maior Campeão do Estado de Santa Catarina, o Figueirense tem orgulho da história de conquistas e hegemonia estadual construída ao longo de quase um século. Com 18 títulos, o mais recente deles aconteceu em 2018. E, nesta quinta-feira (03), uma outra conquista completa 48 anos: Nesta mesma data, 03 de setembro, em 1972, o Furacão desbancava o Avaí e levantava, pela sétima vez, o Troféu de Campeão Catarinense. A Série Memória Alvinegra relembra, nos próximos parágrafos, um pouco deste título.

Em 1972, o Figueirense vivia um incômodo jejum: não conquistava o Campeonato Catarinense há 31 anos. Determinado a voltar a levantar a taça, a diretoria alvinegra, liderada pelo Presidente José Mauro da Costa Ortiga, estruturou o Departamento de Futebol, contratando, entre outros, o renomado técnico Jorge Ferreira.

Dez equipes participaram do Campeonato Catarinense de 1972. A primeira fase foi disputada em turno e returno, onde quatro equipes se classificaram para o quadrangular final: o Figueirense, com uma campanha irretocável e grande desempenho fora de casa, foi o primeiro colocado. Avaí, América de Joinville e o Hercílio Luz, de Tubarão, completaram a fase decisiva.

O confronto que decidiu o título foi contra o Avaí, no Estádio Orlando Scarpelli. Na liderança do Quadrangular, o Furacão entrou em campo com a vantagem do empate para conquistar o título. Apesar das tentativas do rival, o Alvinegro manteve o empate em 0 a 0 e se sagrou Campeão Catarinense pela sétima vez, dando fim ao jejum de 31 anos sem a conquista e partindo para novos horizontes além das fronteiras de Santa Catarina: o clube se preparava para, poucos meses depois, se tornar o primeiro time catarinense a disputar o Campeonato Brasileiro.

O Figueirense entrou em campo na partida decisiva com Egon; Pinga, Jaílson, Moenda, Carlos Alberto (Aldair), Pelé, Adairton, Caco, Luís Éverton, Tião Marino (Jair) e Land.

Taça do Campeonato Catarinense de 1972 está exposta no Memorial Alvinegro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *