Figueirense FC - Site Oficial
São Bernardo

x

Figueirense
Campeonato Brasileiro -  
23/06/24 -  
Estádio 1º de Maio

O Figueirense venceu o Avaí por 3×1, de virada, na noite desta quinta-feira (20), no Estádio da Ressacada, e conquistou o título da Recopa Catarinense.

Matheus Ribeiro abriu o placar para o Avaí, mas Gustavo Índio e Oberdan (2x) viraram o placar, que garantiu o bicampeonato do Furacão na competição. O primeiro título do Figueira na Recopa Catarinense foi conquistado em 2019, sobre o Busque.

De quebra, o alvinegro festejou pela primeira vez um título no Estádio Aderbal Ramos da Silva, e ampliou a sua vantagem nos confrontos diretos com o rival.

O jogo

O primeiro tempo começou com as equipes se estudando. O Figueirense tinha mais volume de jogo, mas o Avaí dificultava as ações. Thiaguinho finalizou com perigo, aos 20 minutos. A resposta do time da casa veio poucos minutos depois, primeiro com Quirino, que chutou cruzado com perigo, e na sequência com Matheus Ribeiro, que chutou e viu a bola desviar na zaga do Figueirense antes de balançar as redes, inaugurando o marcador.
O Figueirense não se intimidou com o gol e seguiu organizado, com boas triangulações e jogadas em velocidade. Aos 44 minutos, num contra-ataque, Andrew tocou de cabeça, após cruzamento pela direita, e Gustavo Índio desviou para o gol, empatando a partida, para delírio da torcida alvinegra, que deu um show nas arquibancadas.

O segundo tempo foi todo do Figueirense. Desde os primeiros minutos, o alvinegro mostrou que estava com as rédeas da partida e que o gol seria questão de (pouco) tempo. Aos 7 minutos a zaga do time do Sul da Ilha recuou a bola para o goleiro Gledson, que pegou com as mãos. A infração foi anotada, e na cobrança em dois lances, Oberdan recebeu o passe e chutou colocado, virando o placar para o Furacão, aos 8 minutos. Apenas dois minutos depois, Andrew fez linda jogada pela esquerda e cruzou para Oberdan, que desviou com categoria e correu para o abraço, Figueira 3×1. O Furacão dominava o adversário, e por muito pouco Oberdan não marcou mais um, num chute forte que passou raspando o travessão do goleiro Gledson. Do outro lado, Renato cabeceou na trave, e na sequência Rodolfo Castro fez grande defesa, salvando o Furacão. Nos minutos finais, o Figueirense seguiu controlando o jogo até o apito final, quando os jogadores correram para a torcida alvinegra que soltou o grito de “Campeão”, em pleno Estádio da Ressacada.

Após o jogo, os atletas e a comissão técnica alvinegra receberam a taça e as medalhas pela conquista da Recopa Catarinense.

Confira algumas imagens (Fotos: Patrick Floriani / FFC):

O próximo compromisso do Figueirense será no Domingo (23), às 19h00, diante do Joinville, no Estádio Orlando Scarpelli, em duelo válido pela 1ª rodada do Campeonato Catarinense.

Foto: Patrick Floriani / FFC

 

Ficha Técnica

Avaí (1)
Gledson; Matheus Ribeiro (Vinícius Jaú), Fagner Alemão, Betão e Diego Matos; Bruno Silva, Marcos Serrato (Eduardo) e Lourenço (Matheus Lucas); Renato, Copete e Quirino (Vinícius Leite).
Técnico: Claudinei Oliveira

Figueirense (3)
Rodolfo Castro; Muriel (Natan Masiero), Luis Fernando, Maurício e Zé Mário (Vinícius Nucci); Clayton, Oberdan (Uesley Gaúcho) e Kauê; Thiaguinho (Luis Gustavo), Andrew e Índio (Luizinho).
Técnico: Júnior Rocha

Gols: Matheus Ribeiro, aos 30 minutos do 1º tempo (Avaí); Gustavo Índio, aos 44 minutos do 1º tempo, e Oberdan, aos 7 e aos 9 minutos do 2º tempo (Figueirense)
Cartões amarelos: Bruno Silva, Matheus Ribeiro, Eduardo e Matheus Lucas (Avaí); Andrew, Oberdan, Maurício, Luis Fernando e Luis Gustavo (Figueirense)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *